10 cafés famosos que você precisa conhecer em Paris

Difícil imaginar Paris sem seus típicos cafés espalhados por ruas de paralelepípedos e aquela música francesa bem suave ao fundo… Parece clichê mas é isso que esperamos quando estamos de passagem pela “Cidade-Luz”. Esses lugares quase sagrados que ajudaram a cidade a escrever sua história, hoje fazem parte de sua cultura e claro, de seu roteiro turístico. Listamos aqui, 10 desses lugares que você precisa conhecer para vivenciar a história e o charme típicos de Paris. Vamos lá!

 

 

1 – Le Procope

Chapéu de Napoleão na entrada do  café. Foto: Rogerio Moreira

Este é considerado o café mais antigo do mundo, com atividade ininterrupta desde 1686. Entre seus frequentadores estão nomes como: Napoleão Bonaparte (cujo chapéu está exposto em uma vitrine na entrada do restaurante), Molière, Voltaire, Diderot, Benjamim Franklin (que escreveu alí, as primeiras linhas da redação da declaração de independência dos Estados Unidos), além dos líderes da Revolução Francesa: Danton, Robespierre e Marat, que adotaram o Café como sala de reuniões onde discutiam os rumos da Revolução (e também decidiam quem deveria ir para a guilhotina). Enfim, um banho de história que merece uma visita bem detalhada e um café sem pressa.

Endereço: 13 Rue de l’Ancienne Comédie, Paris, 75006

2 – Café de La Paix

Inaugurado em 1862, este é um dos endereços mais disputados de Paris, frequentado por nomes como Émile Zola, Edward VII, Príncipe Charles e Oscar Wild, entre muitas outras celebridades. Em 1975, o Café foi declarado Patrimônio Histórico pelo governo francês.
Peça um café nas disputadas mesas na calçada, com vista para a Ópera Garnier e deixe o tempo passar…

Endereço: 5 Place de l’Opéra, Paris, 75009

3 – Café des 2 Moulins

Milhares de selfies acontecem neste ponto todos os dias. Foto: Eric Tressler

Difícil encontrar alguém que ama Paris que ainda não tenha assistido o filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”. Sendo assim, o Café des 2 Moulins é parada obrigatória para quem quer reviver o clima do filme, tomar um café e ainda saborear o famoso Crème Brûlée (e quebrar a cobertura crocante com a colher, como visto no filme). O local é todo em estilo Art Déco e para a felicidade dos fãs, o café ainda se parece bastante com o que é mostrado no cinema, exceto que agora possui bastante pôsteres com o rosto de Audrey Tautou, objetos do filme na saída dos banheiros e a tabacaria que aparece no filme, foi retirada.

Endereço: 15 Rue Lepic, Paris, 75018

4 – La Maison Rose

A inspiração  de Maurice Utrillo encanta até hoje. Foto: Christophe Laigle/Flickr

Em seu passeio por Montmartre, não deixe de conhecer este local único, imortalizado pelo pintor, nascido no bairro, Maurice Utrillo, em sua obra chamada “La Petite Maison Rose” (pintada entre 1905 e 1910). A cor rosada desta casa e o encanto inegável de Montmartre permanecerão para sempre em sua memória.

Endereço: 2 rue de l’Abreuvoir, Paris, 75018

5 – Shakespeare and Company Café

Duplo passeio: café + livros. Foto: Miifotos.com

Parceiro da famosa livraria em anexo, no Shakespeare and Company Café você encontrará tudo 100% orgânico. Você pode experimentar uma salada, bolinhos e claro, um típico chá Inglês. Aproveite e estique o passeio pela livraria Shakespeare and Company, que fica bem ao lado e aproveite a diversidade da literatura inglesa, especialidade da casa.

Endereço: 37 rue de la Bûcherie, Paris, 75005

6 – Le Consulat

Um dos cafés mais icônicos de Paris. Foto: Terri-Bahum-Fine-Arts

Como em todo lugar em Montmartre, o Le Consulat era freqüentado por artistas famosos no século XIX, entre eles Picasso, Sisley, Van Gogh, Toulouse-Lautrec e Monet, para citar apenas alguns.
Este café, que fica no coração do bairro, manteve seu charme vintage dos áureos tempos.
Se você é um apreciador de carnes, o Steak au Poivre com pomme frites (bife e batatas fritas) tem a fama de ser um dos melhores na cidade. Caso contrário, peça um expresso, sente-se no terraço e observe o vai-e-vem dos pedestres.

Endereço: 18 rue Norvins, Paris, 75018

7 – Café de Flore

O café das celebridades. Foto: Wikimedia-Commons

O café, que abriu suas portas na década de 1880 teve seu nome foi retirado de uma estátua da divindade grega Flora, situada no lado oposto do boulevar Saint-Germain. Ao longo de sua história, incontáveis personalidades frequentaram o local, como: Apollinaire, Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir, Francis Bacon, Kylie Minogue, Cindy Crawford, Gianni Agnelli, Picasso, entre muitos outros.

Sente-se em umas das mesas externas e se delicie com um café e uma boa conversa, enquanto observa paris passar diante de seu olhos.

Endereço: 172 Boulevard Saint-Germain, Paris, 75006

8 – Les Deux Magots

Mesas disputadas durante todo o ano. Foto: Robert Harding

Não se espante se você entrar neste café e der cara com um famoso político, artista ou escritor sentado no terraço ou no grande salão. Os garçons estão sempre vestidos de gravata preta e os “deux magots”, ou seja, as duas estatuetas chinesas, adornam o salão. O local foi frequentado, ao longo de sua história por importantes intelectuais e artistas, como Paul Verlaine, Arthur Rimbaud, , Simone de Beauvoir, Jean-Paul Sartre, Ernest Hemingway, Pablo Picasso, entre outros.

Breve história

Em 1812, uma loja de tecidos e novidades com o nome Les Deux Magots iniciou suas atividades no número 24 da rua de Buci, próxima ao atual café. O nome era uma referência a uma peça teatral famosa na época intitulada Les Deux Magots de la Chine. A loja tinha esse nome porque a maioria de seus tecidos eram chineses. Em 1873, a loja se transferiu para o local do atual café e em 1884, a loja se transformou num café.

Se você aprecia um bom café, regado à muita história, está no lugar certo!

Endereço: 6 Place Saint Germain des Près, Paris, 75006

9 – Odette

A fachada que encanta. Foto: Petite Suitcase

Este é um dos cafés mais charmosos e belos de Paris e a primeira das duas lojas da cidade fica a poucos passos da Sheakespeare and Company e da Notre Dame. Além do café, prove a especialidade da casa: o Les choux à la crème d’Odette, um doce de formato arredondado feito com a mesma massa do éclair (conhecido como “bomba” no Brasil). Assim como o eclair, este doce também é recheado com cremes em diferentes sabores.

Endereço: 77 Rue Galande, Paris, 75005

10 – Au Vieux Paris d’Arcole

Café com uma pitada de natureza. Foto: Wikimedia-Commons

Com uma linda e colorida vegetação subindo a fachada do prédio e cadeiras roxas brilhantes do lado de fora, este charmoso café é o lugar perfeito para tomar uma taça de vinho rosé em um dia quente de verão, ou um delicioso café com leite durante o inverno. A poucos metros da Notre Dame, este café está na lista dos favoritos entre turistas e moradores locais, não perca esta!

Endereço: 25 rue Chanoinesse, Paris, 75004

Conhece algum outro café que mereceria entrar nessa lista? Conte para nós nos comentários!

GOSTOU DESTE POST? COMENTE E COMPARTILHE. ISSO NOS AJUDA A MELHORAR NOSSO TRABALHO PARA VOCÊ!

Confira mais artigos como este em www.parissempreparis.com.br

Para relatar um erro, envie uma mensagem para redacao@parissempreparis.com.br

Siga-nos em nossos outros canais:
Facebook ParisSempreParis
Instagram @ParisSempreParis
Twitter @Sempre_Paris
Pinterest ParisSempreParis
YouTube ParisSempreParis
Linkedin ParisSempreParis

Paris Sempre Paris
Paris Sempre Paris
Meu nome é Rogerio Moreira, além de jornalista, sou publicitário e estudei em instituições como PUCC, Unicamp e FGV. Apaixonado por história, acredito que o estudo de nosso passado nos ajuda a entender como nos tornamos o que somos hoje. Nesse blog, busco reunir e compartilhar curiosidades e histórias incomuns sobre Paris e a cultura francesa. Dessa forma pretendo mostrar o lado quase que desconhecido da cidade, fora dos roteiros turísticos tradicionais. Vamos comigo nessa viagem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *